Engenharia Mecânica

O Engenheiro Mecânico pode atuar em toda a cadeia produtiva industrial, desde a gestão da produção; elaboração de projetos de equipamentos e componentes, sistemas de refrigeração, motores, suspensão e estruturas metálicas, chegando à liderança de equipes e à direção geral. A forte formação matemática e lógica, somada à grande capacidade de análise crítica e de síntese do Engenheiro Mecânico, possibilita infinitas oportunidades de carreira e mercado de trabalho para este profissional.

A renda mensal de um Engenheiro deve ser de, no mínimo, 6 salários mínimos, conforme a Lei Nº 4.950-A, de 22 de abril de 1966.

Principais temas estudados:

  • Desenho computacional;
  • Sistemas de medição;
  • Propriedades e resistências dos materiais;
  • Mecanismos de transmissão de movimentos;
  • Mecânica dos fluidos;
  • Engenharia de processos de fabricação;
  • Engenharia de projeto de produto;
  • Engenharia de processos térmicos (aquecimento e refrigeração);
  • Sistemas de movimentação e elevação mecânicos, hidráulicos e pneumáticos;
  • Instrumentação e automação industrial;
  • Ergonomia e segurança do trabalho;
  • Empreendedorismo e inovação tecnológica.

Área de atuação: 

Empresas dos ramos metal-mecânico, moveleiro, têxtil e alimentício que  envolvem:

  • Projeto de produto, equipamentos e instalações industriais;
  • Planejamento de processos de fabricação; 
  • Estudos de ergonomia e segurança do trabalho;
  • Desenvolvimento de fontes renováveis de energia;
  • Sistemas de produção, transmissão e utilização de calor; 
  • Projetos de sistemas de refrigeração e de ar condicionado;
  • Projetos de automação industrial;
  • Educação em Engenharia Mecânica;
  • Ética e responsabilidade social em Engenharia Mecânica.

Horário das aulas: Das 19 às 23 horas - de segunda a sexta-feira.

Duração do curso: 5 anos